Faculdade Gratuita: Veja Quem Oferece Vagas

O sonho que cursar uma faculdade gratuita é o de todo mundo. Profissionalizar-se e ser bem recebido no mercado de trabalho sem gastar um centavo e apenas ter disponibilidade não é para muitos.

 

Resultado de imagem para faculdade gratuita

Faculdade Gratuita: Veja Quem Oferece Vagas (Foto: Canal do Ensino)

 

Quem busca realizar seu sonho de se tornar um profissional qualificado com respectivo conselho de classe  se depara com vários obstáculos.

Alguns deles, evidentemente são a concorrência para instituições públicas e os preços exorbitantes para as de ensino superior privado.

Mas, felizmente, modalidades de Educação a Distância (EaD) passaram a conquistar o mercado e pensar em passar por uma faculdade gratuitamente não é mais algo fora de alcance.

Isso porque diversas as modalidades de inscrição e, em algumas situações, as instituições oferecem bolsas de 50% a 100% se baseando em alguns critérios.

 

Faculdade Gratuita Presencial, Semi-Presencial ou EaD?

Antes de mais nada, é imprescindível saber o que você buscar e o que mais se encaixa na sua realidade.

Se você trabalha muito e só tem tempo a noite ou não encontra nenhum, concorde que a modalidade presencial pode não ser a melhor escolha.

Com a chegada de instituições como a Unip e a Unopar, modalidades EaD e semi-presenciais foram consideradas para melhor se adequar ao horário do indivíduo que quer se formar.

A iniciativa partiu não só visando aumentar o mercado e prospectar clientes, mas, oferecer oportunidades para todos os tipos de rotina.

Entende por:

  • Presencial: o ensino que é realizado regularmente num mesmo horário – seja ele parcial ou integral – e que obrigatoriamente o aluno deva estar presente dentro da instituição ou em ações promovidas por ela, para que sejam contabilizadas as horas de estudo.
  • Semi-presencial: o ensino que não requer obrigatoriedade de presença física, mas, que os alunos sejam deslocados à instituição – em qualquer horário e por tempo mínimo de 2 horas – para aulas práticas necessárias à grade ou atividades de inclusão grupal.
  • EaD: ensino realizado, de acordo com a disponibilidade de horário do aluno, diariamente, com atividades impostas da mesma maneira.

Mas, apesar da diversidade de modalidades de ensino, a única coisa que não muda acaba sendo a quantidade de horas complementares para a conclusão do curso e coisas como provas e trabalhos de conclusão final.

Mas, antes de tomar decisões precipitadas, o ideal é escolher a instituição e estar ligado ao seu regulamento!

 

É possível fazer uma faculdade gratuita?

Presencialmente

Infelizmente, presencialmente existe uma espécie de taboo. Nenhuma faculdade particular que se preza oferece vagas 100% gratuitas a seus alunos, por um motivo óbvio de lucro.

Afinal, pagar os professores mestres e doutores e todas as despesas com funcionários e manutenção da instituição custa bastante.

A qualidade da instituição, na verdade, é refletida no quanto ela é capaz de se organizar, apesar de todas essas dificuldades e manejo com outras pessoas.

Relatos como má higienização, itens quebrados ou má conservação são geralmente o que fazem a instituição ser mal vista aos olhos das pessoas.

Por isso, visando não sair perdendo credibilidade e melhorar ainda mais seus serviços – de novo, a depender da instituição – elas costumam se associar a alguns sites de bolsas como o Educa+Brasil e o Quero Bolsa, por exemplo, e disponibilizar algumas vagas para pessoas sem condições de pagar em sua totalidade.

Outra forma de entrar, comumente conhecida, é com o ENEM. Não só para faculdades públicas, mas, também para particulares, esse tem sido um recurso ótimo para servir como vestibular.

Algumas instituições regem que a nota do seu ENEM pode ser proporcional à bolsa que você receber, por exemplo. Nesse caso, depende muito de você.

Outras, com a nota do seu ENEM, já dispensam o vestibular e a primeira parcela da faculdade, além de dar desconto progressivo, regressivo ou fixo durante todo o curso.

 

Semi-Presencial e EaD

As instituições que participam do modelo semi-presencial e EaD, além de serem excepcionalmente mais baratas, também oferecem bolsas para reduzir o preço.

Hoje, faculdades particulares nesses modelos, com as bolsas, variam em preço entre R$82,00 a R$400,00, a depender do curso, sendo os mais caros geralmente direcionados à área de saúde e gastronomia.

No entanto, o que muita gente não sabe é que elas também oferecem cursos livres e cursos gratuitos para toda uma população que preencha alguns pré-requisitos de tempos em tempos.

Como o ProUni pode ser uma opção, cursos que levam em consideração provas para a aplicação de bolsas até 100% podem ser também.

Mas, caso você não queira nem tentar isso, outra alternativa seria tentar uma faculdade gratuita pelo governo. E claro, sem necessariamente precisar do ENEM.

Isso só é possível graças ao convênio com a Universidade Aberta do Brasil, um programa de colaboração criado em 2005 para proporcionar capacitação técnica e superior à pessoas menos favorecidas.

O ingresso é como em qualquer outra instituição: é preciso fazer o vestibular e esperar pelos resultados de aprovação.

Mas, todo o material didático é disponibilizado por uma plataforma interativa, a qual você pode conhecer e tirar suas dúvidas clicando aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.