Encceja 2020 – Certificado INEP

O Exame Nacional de Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ou só ENCCEJA) é uma prova feita duas vezes no ano com o objetivo de graduar estudantes mais rápido.

Organizada pelo Ministério da Educação em parceria com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), a prova está disponível para os níveis fundamental e médio.

Trata-se de uma oportunidade para finalizar os estudos mais cedo e conseguir melhores oportunidades de trabalho, apesar dos critérios específicos.

Além disso, ele proporciona a possibilidade de se obter um resultado parcial ou total.

Se o total te considera livre das obrigações do ensino fundamental e/ou médio – dependendo da modalidade escolhida – a parcial não fica atrás.

Fazendo um pouco mais de 100 pontos em algumas matérias, é possível pedir por um certificado parcial ou uma declaração parcial de proficiência.

Confira!

Resultado de imagem para encceja 2020
Encceja 2020 – Certificado INEP (Foto: Divulgação do Encceja)

Como me inscrevo no Encceja?

Sendo o Encceja uma espécie de programa de validação de diploma ou “recuperação de tempo”, as inscrições e o processo seletivo são gratuitos.

No entanto, nem todos podem prestar o exame. Só serão qualificados aqueles que não finalizaram em tempo hábil.

Por isso, só poderão se inscrever mediante apresentação de identidade e CPF atualizados:

  • Indivíduos com idade mínima de 15 anos para o título do ensino fundamental; e
  • Indivíduos com idade mínima de 18 anos para obtenção do título de ensino médio.

Assim como no ENEM, visando a praticidade, as inscrições são feitas online e, para realiza-las, é importante ter em mãos documentos e informações pessoais.

Tendo isso, basta seguir o passo a passo:

  1. Entrar no site oficial clicando aqui.
  2. Preencher seus dados pessoas em “Inscrição”, no menu principal.
  3. Informar o nível que planeja conseguir com o ENCCEJA 2020.
  4. Inserir o local da prova (Estado e Cidade).
  5. Indicar por onde quer receber sua certificação.
  6. Responder o questionário socioeconômico.
  7. Criar uma senha para o seu login (que será o CPF).

Como funciona o Encceja?

Diferente dos outros testes, reprovar em alguns pontos do Encceja não significa reprovação completa.

É claro que o diploma só é dado a quem realmente passou em todos os tópicos (segundo regulamento em vigor desde 2017), mas, o resultado parcial também é uma vitória.

Ele pode ser requisitado na Instituição Certificadora – em que você se inscreveu no processo – se você fizer ao menos um pouco mais de 100 pontos em algumas matérias do Encceja.

Mas, vale lembrar o seguinte: a redação não pode estar zerada, assim como no ENEM.

Com os documentos certos (original e cópia de RG, CPF e boletim do parcipante) você consegue ser liberado dessas matérias na próxima edição do Encceja.

Isso quer dizer que, se você falhou em apenas alguns tópicos, poderá compensa-los estudando-os pelos próximos 6 meses e conseguir sua certificação.

Como é a prova?

Seguindo a mesma linha de raciocínio do ENEM, a prova se subdivide em tópicos, mas, os assuntos são os mesmos:

  • Ensino Fundamental: português, matemática, história, geografia, ciências naturais, língua estrangeira, artes, redação e educação física.
  • Ensino Médio: linguagens, códigos e suas tecnologias, matemáticas e suas tecnologias, ciências da natureza e suas tecnologias, ciências humanas e suas tecnologias e redação.

Da mesma maneira, as provas são entregues aos candidatos para correção e apenas os gabaritos são aceitos para validação eletrônica.

No entanto, os resultados são postados com pouco tempo. Estima-se que entre 1 a 3 dias depois da prova eles saiam oficialmente no site.

Clicando aqui, é possível ver provas antigas e gabaritos no site do INEP. Dando uma olhada neles, talvez você tenha uma melhor noção do que te espera.

Além disso, um fato interessante é que se você fizer o ENEM e o Encceja simultaneamente, não há problema.

Por serem testes diferentes e provas diferentes, o resultado de um não anula o outro.

O que acontece se eu faltar?

Infelizmente, na maioria dos casos a falta gera reprovação automática.

Mas, no ENCCEJA é possível entregar um termo de justificativa de falta – se muito grave – para poder ter direito a uma “segunda chamada” da prova.

Caso não faça isso, é muito provável que seja reprovado e que, no próximo Encceja te seja cobrada uma “taxa de conveniência”.

O Certificado é pelo INEP?

Na verdade, isso depende muito.

Uma característica peculiar no Encceja é a de escolher a “Instituição Certificadora”.

No cadastro ou inscrição online é possível escolher se seu certificado será emitido pelo MEC ou pelo INEP.

Consultado o resultado e recebido a devida aprovação, o passo seguinte é dar entrada no diploma na Secretaria Estadual de Educação (SEEDUC) do seu estado.

Independente da modalidade escolhida (fundamental ou médio), o diploma só pode ser impresso e validado pela SEEDUC.

Em média, a confecção e autenticação demora entre 4 e 6 meses. Recebido isso, você pode dar início à uma nova etapa acadêmica ou um novo emprego, por exemplo.

Mas, não se preocupe. Se você tem urgência no processo, a SEEDUC também disponibiliza uma declaração enquanto seu diploma não vem. Basta solicitar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.