Valores a Receber – Como consultar o Saldo

Quer descobrir se você tem dinheiro esquecido em bancos? Saiba que os brasileiros podem checar no Banco Central (BC) se possuem alguma quantia para sacar de instituições financeiras. Para isso o BC criou um site que realiza a consulta de recursos remanescentes de pessoas físicas e empresas.

Vale ressaltar que o Sistema de Informações de Valores a Receber (SVR) informa sobre o saldo credor de contas encerradas, parcelas de empréstimo, tarifas cobradas indevidamente, recursos não procurados após o encerramento de grupos de consórcio e cotas de capital a devolver em cooperativas de crédito.

Foi feito um levantamento do BC, em junho de 2021, que mostrou que os clientes tinham cerca de R$8 bilhões a receber de bancos. Porém, muita gente não sabe ou não lembra desses direitos.

Caso você queira saber se também possui algum valor para resgatar, basta acessar o site para verificar. Em caso positivo, o próximo passo é acessar o Registrato.

Lembrando que os valores de contas anteriores a 2001 não aparecem no sistema. Para consultar essas contas, a pesquisa pode ser feita nesta página.

Continue lendo para saber mais.

Valores a Receber: Como consultar o saldo

Veja agora o passo a passo para realizar a pesquisa. Lembrando que a consulta só pode ser feita a partir de 14/02/2022, exclusivamente no site (valoresareceber.bcb.gov.br). Veja como:

  1. Acesse o site (valoresareceber.bcb.gov.br) a partir do dia 14/02;
  2. Use seu CPF ou CNPJ para consultar se você tem valores a receber;
  3. Caso positivo, guarde bem a data que o sistema vai lhe informar;
  4. Se você ainda não tiver login Gov.br, faça seu cadastro gratuito no site ou pelo App Gov.br (Google Play e App Store). É preciso ter um cadastro Gov.br nível prata ou ouro para solicitar os recursos.Tenha em mente também que Não será possível acessar o sistema com login Registrato;
  5. Volte a acessar o site (valoresareceber.bcb.gov.br) na data informada e use seu login Gov.br para acessar o sistema, saber qual o valor disponível e solicitar sua transferência;
  6. Se você perder sua data de resgate, acesse novamente o site (valoresareceber.bcb.gov.br) em outro dia e o sistema vai informar uma nova data para retorno.

Saiba que você tem direito sobre os recursos a devolver. Eles são seus e continuarão guardados pelas instituições financeiras o tempo que for necessário, esperando até que você solicite a devolução.

Calendário do dinheiro esquecido no Valores a receber

Quem nasceu antes de 1968 ou abriu a empresa antes desse ano poderá conhecer o saldo residual e pedir o resgate entre 7 e 11 de março, no mesmo site.
A própria página informará o horário e a data para pedir o saque. Caso o usuário perca o horário, haverá uma repescagem no sábado seguinte, em 12 de março, das 4h às 24h.

Para pessoas nascidas entre 1968 e 1983 ou empresas fundadas nesse período, o prazo será de 14 a 18 de março, com repescagem em 19 de março.
Quem nasceu a partir de 1984 ou abriu empresa nesse ano, a data vai de 21 e 25 de março, com repescagem em 26 de março.
As repescagens também ocorrerão aos sábados no mesmo horário, das 4h às 24h.

Quem perder o sábado de repescagem poderá pedir o resgate a partir de 28 de março, independentemente da data de nascimento ou de criação da empresa.

Dicas importantes

Cuidado para não cair em golpes. Para te ajudar, preste atenção nessas dicas:

  • O único site para consulta e solicitação desses valores é o (valoresareceber.bcb.gov.br).
  • O Banco Central NÃO envia links NEM entra em contato com você para tratar sobre valores a receber ou para confirmar seus dados pessoais.
  • NINGUÉM está autorizado a entrar em contato com você em nome do Banco Central ou do Sistema Valores a Receber.
  • Portanto, NUNCA clique em links suspeitos enviados por e-mail, SMS, WhatsApp ou Telegram.
  • NÃO faça qualquer tipo de pagamento para ter acesso aos valores. É golpe!

Gostou da dica? Vai buscar saber se possui dinheiro para resgatar? Deixe o seu comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *