SISU 2020 – Inscrições e Cronograma

O SISU é a abreviação de um programa governamental chamado de “Sistema de Seleção Unificada”, outra alternativa aos “recém saídos” do ENEM que sonham com a continuação de seus estudos.

Pode ser considerado uma alternativa ao ProUni, mas é voltado inteiramente para instituições da rede pública. Por isso, acaba sendo muito concorrido em todo o território brasileiro.

Sob domínio e gestão do Ministério da Educação (MEC), o programa oferta vagas em faculdades, universidades e centros universitários afiliados ou construídos sob as asas da rede pública.

Porém, são qualificados à concorrer às vagas somente aqueles que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) no ano anterior como requisito primário, a fim de competir pelos cursos ofertados.

Mas, como qualquer outro programa, a participação não está limitada somente à prestação do exame, e sim requisitos específicos de escolaridade e até idade.

 

SiSU 2020 – Inscrições e Cronograma (Foto: Divulgação pública sobre o sistema de seleção unificada)

 

Como o SISU funciona?

Se você deu uma olhada na nossa matéria sobre o ProUni, vai gostar de saber que o sistema é praticamente o mesmo.

Você faz a prova, se inscreve no site e disputa ao longo de três dias com sua nota para conseguir uma vaga. Além disso, o que determina a nota de corte não é a instituição, mas a oferta e a procura das vagas.

Mas, diferente do ProUni, onde as vagas ofertadas ficavam a critério das instituições particulares, no SISU as vagas são mais amplas e necessariamente ficam em foco de fechamento de turma, não como “tapa-buraco”.

Outra diferença peculiar é que existe apenas a primeira chamada e a lista de espera. Pelo programa ser muito concorrido, ele não abre espaço para segunda chamada, mas, o processo de seleção dos cursos acaba sendo o mesmo.

Você optará por dois cursos em que tenha interesse e, se por ventura passar em ambos, prevalece a primeira opção, a não ser que você queira mudar de última hora.

Felizmente, o sistema permite trocar o curso diversas vezes em qualquer fase do processo seletivo. Mas, vale lembrar que a disputa é entre você e candidatos com notas parecidas ou até maiores que as suas!

Se de repente você estiver a frente de alguém por ter se inscrito primeiro em algum curso, pode perder essa chance se sair e entrar de novo. O tempo também vale muito aqui.

 

Quais são os pré-requisitos para prestar o SISU?

Um dos critérios imprescindíveis a se preencher quando se pensa no SISU, é a prestação do ENEM. É com essa nota que você concorre com pessoas em todo o território brasileiro por uma vaga em uma instituição x ou y.

Mas, para estar apto a concorrer as vagas, você precisa:

  • Não ter zerado a redação;
  • Não ter realizado a prova como treineiro, isto é, sem concluir o ensino médio ou ter idade o suficiente para se considerar a conclusão (18 anos); e
  • Ter feito ao menos uma média geral de 450 pontos.

Como deu pra perceber, é o básico que o governo também pede pra quem pensa em fazer o ProUni, mas, vale lembrar que as notas de corte são mais importantes do que esses critérios.

Mesmo preenchendo esses pré-requisitos, não quer dizer que você consiga passar logo de cara. Vai depender da sua escolha, nota e concorrentes o suficiente para determinado curso, por exemplo.

 

E as cotas, como ficam?

Quem quiser se apoiar nas cotas, está livre pra tentar o seu melhor. Mas, diferente do que muito se divulga, as cotas são um pouco mais concorridas que a ampla concorrência.

Visando “dar mais oportunidades”, o governo acaba enquadrando um número seleto de pessoas para concorrer a poucas vagas pré-selecionadas, o que acaba dificultando as coisas para esse público.

Mas, no geral, existem quatro modalidades a se concorrer no SISU:

  • Ampla concorrência: onde são todos contra todos e Deus por todos.
  • Candidato afrodescendente: ou cota racial, onde ironicamente também se enquadram aqui pardos e indígenas segundo as especificações do MEC.
  • Ingresso de escola a pública: dadas as peculiaridades um pouco falhas nas redes de ensino público em faixas de ensino fundamental e médio.
  • E Baixa renda: candidatos em situação de baixa renda consolidada, pobreza ou extrema pobreza.

 

Inscrições e Cronograma

Assim como no ProUni, as inscrições para o SISU ainda não estão disponíveis, dado que os resultados do ENEM ainda estão para serem lançados, se não houverem atrasos ou problemas posteriores.

Com o login e a senha do ENEM é possível entrar no site oficial e começar a concorrer às vagas, mas, é preciso estar atento. O cronograma ficou dividido da seguinte maneira:

 

  • Período de inscrições: 21 a 24 de janeiro de 2020.
  • Resultados da primeira chamada: 28 de janeiro de 2020.
  • Inscrições para participar da lista de espera: 29 de janeiro de 2020 a 04 de fevereiro de 2020.
  • Convocação dos candidatos na lista de espera: 07 de fevereiro de 2020 a 30 de abril de 2020.

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *