Resultado ENEM 2020 – Veja se foi aprovado

Uma vez ao ano, o Exame Nacional do Ensino Médio (vulgo ENEM) acontece e deixa muitos recém-“graduados” felizes ou um pouco tristes com a balança do desempenho.

De fato, é aqui que o joio se separa do trigo e sabe-se que caminho é melhor trilhar: o da força de trabalho ou a continuação dos estudos.

Além disso, é nesse exame que muitos dão por concluído o ensino médio e decidem também o que fazer depois daí.

 

Resultado de imagem para enem"

Resultado ENEM 2020 – Veja se foi aprovado (Foto: Divulgação do Exame Nacional do Ensino Médio)

 

Mas, é só depois dos resultados que muitos optam por encarar o SISU ou tentar cursos técnicos para melhorar as chances de ingresso no mercado do trabalho como o PRONATEC, por exemplo.

Ou, ainda, optem por tentar vagas de emprego menos concorridas com a escolaridade já fixada.

Embora a espera deixe todos ansiosos, vale a pena lembrar que o ENEM só divulga notas ou resultados de aprovação de acordo com o calendário no site oficial, o que vamos destrinchar hoje.

 

Como funciona o calendário do ENEM?

Antes das provas, com aproximadamente 8 meses de antecedência, um calendário é divulgado no site da prova.

Tudo começa com a publicação de um edital, um documento que rege como tudo está programado para acontecer, restrições e até mesmo tutoriais de como dar entrada em algumas vantagens, como a isenção de taxa de inscrição, por exemplo.

Com aproximadamente uma semana, começam as aberturas de protocolos para isenção de taxas de inscrição – vide edital – e processos de justificativa de ausência no exame anterior.

Esse último importante porque, se você tentou no ano passado e não apareceu por qualquer que seja o motivo – tendo a isenção de taxa – talvez precise pagar alguma multa ou não consiga a isenção de novo.

Esses processos têm vigência de aproximadamente 10 dias e, uma semana após o prazo, saem os resultados. Caso não fique satisfeito com eles, não se preocupe: com mais 5 a 7 dias você poderá requerer um recurso.

Vai fazer o recurso? O resultado sai entre 7 e 8 dias e as inscrições de fato começam até uma semana depois disso.

O período de pagamento da taxa acompanha as inscrições e tem durabilidade de até 15 dias. É nesse mesmo período que você pode pedir um atendimento especializado  também, por isso, não perca.

Terminando esse período, é possível entrar posteriormente com atendimento social ou especializado e específico, mas, atente: você só pode alterar seus dados enquanto as inscrições estiverem ativas. Confira tudo direitinho.

Por fim, um mês antes da prova há a emissão do cartão de confirmação de inscrição no ENEM. Comumente as provas são aplicadas em novembro e os resultados costumam sair em janeiro, antes do início do semestre letivo.

 

Quando vou poder conferir os resultados do ENEM 2020?

O calendário previsto para o ano de 2020 sofreu algumas alterações em relação ao ano passado, mas, nada muito abrupto ou repentino.

De acordo com o edital e o cronograma publicado no site oficial, os resultados serão entregues a partir do dia 17 de janeiro de 2020 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

 

Resultado ENEM 2020 – Veja se foi aprovado (Foto: Divulgação parcial do calendário do ENEM)

 

Os estudantes poderão confirmar suas notas individuais na página do participante, no portal ou no aplicativo da prova com o número do CPF, ano e senha.

Mas, atenção: apenas aqueles que precisam da nota – os que de fato concluíram – terão seus resultados divulgados.

Aqueles que estão “treinando” para um futuro próximo só receberão a nota em março e a data ainda não é certa.

 

O que posso fazer com minha nota do ENEM?

Tente o SISU

Você pode ingressar numa faculdade federal por aqui, fazendo sua concorrer com outras pela mesma vaga.

Para isso, é importante que você não tenha zerado a redação, sendo esse o requisito mínimo.

Serão chamados para a matrícula aqueles com as melhores notas em cada opção de curso.

Quem tiver boa classificação nos dois cursos, a vaga que vai prevalecer é a primeira opção.

 

Ingresse diretamente por outra instituição

Algumas instituições de ensino particular dão a opção de apresentar a nota do ENEM como exame de entrada.

Outras, oferecem bolsas ou vantagens de acordo com o valor total obtido.

Nesse caso, basta se inscrever na instituição para a pré-seleção e entrar. O pré-requisito é só não ter zerado nenhuma prova desde o ENEM 2010.

 

ProUni

Com o ProUni é possível concorrer a bolsas integrais (100%) ou parciais (50%) em instituições particulares.

É outro programa governamental disponível onde os pré-requisitos são não zerar a redação e ter uma média mínima e aceitável de 450 pontos.

Mas, para adquirir essas bolsas, saiba que a renda familiar conta bastante. Se parcial, a exigência é a de ter até 3 salários mínimos por pessoa (aproximadamente R$3.000,00).

Se total, no máximo 1 salário mínimo por pessoa (na verdade, até R$1.500,00).

 

FIES

Por fim, o programa mais famoso de financiamento estudantil.

Para participar, as regras são as mesmas do ProUni: o candidato que participou de qualquer edição do Enem desde 2010 precisa ter desempenho de pelo menos 450 pontos média nas provas e não zerar a redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.