ENEM 2020: Edital e Cronograma

Mesmo com os acontecimentos recentes, o ENEM 2020 vai continuar e seu calendário, inclusive, já foi lançado.

Mas, agora, o processo se modificou um pouco. Desde meados do ano passado, antes mesmo do Coronavírus aparecer, uma modalidade nova foi discutida: o ENEM Digital.

Esse ano, ele entra em vigor e o plano do Ministério da Educação é que ele se fixe, no lugar do impresso, depois de 2026.

Alunos poderão escolher entre as duas modalidades, mas, pelo ENEM Digital ser algo relativamente novo, ele será acompanhado mais de perto apenas em algumas regiões do Brasil e pode estar sujeito a falhas.

Entenda mais um pouco sobre as duas modalidades e acompanhe o calendário de um dos eventos mais esperados do ano!

ENEM 2020: Digital ou Impresso?

Governo confirma Enem 2020 e lança edital; edição terá prova ...

ENEM 2020: Edital e Cronograma (Foto: Reprodução do MEC)

Apesar de ter sido muito comentado no ano passado, o ENEM Digital foi “esquecido” nos últimos dias devido ao grande número de acontecimentos.

No entanto, ele volta agora como uma opção a ser discutida depois do lançamento dos editais impresso e digital do Exame Nacional do Ensino Médio, que aconteceu no dia 31 de março.

O plano para o exame digital é uma novidade que, segundo o Ministério da Educação, é necessária para poder acompanhar as modernidades e remover o conceito de atraso nas redes públicas.

Mas, ele ainda está sujeito a alterações e adaptações e, por esse motivo, entra como “projeto piloto em fase de testes” e não como substituto da modalidade impressa.

Sendo assim, para não tornar o trabalho mais maçante ainda, foi determinado que o ENEM Digital fosse aplicado como opção somente em alguns Estados brasileiros, não em todos, como demonstrado abaixo.

 

ENEM 2020: Edital e Cronograma (Foto: Reprodução G1 apud Inep)

 

A escolha pelo processo seletivo é opcional no momento da inscrição, mas, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) estima que apenas 50 mil candidatos escolham a modalidade (1% dos candidatos).

Por isso, visando esse número, algumas mudanças foram propostas para este ano a fim de tornar possível a substituição da modalidade impressa num futuro mais próximo.

Quais são as principais mudanças para este ano?

Ministério da Educação anuncia que Enem terá prova digital em 2020 ...

ENEM 2020: Edital e Cronograma (Foto: Reprodução MEC)

O processo seletivo ENEM 2020 sofreu mudanças para trazer uma nova modalidade e lidar com todos os problemas que poderiam vir com ela.

Sendo assim, gastos também mensurados e o Ministério da Educação prometeu investir até R$20 milhões de reais nas adaptações que seguiriam este ano e o próximo.

Em relação a problemas de queda de sistema ou hacking, o MEC não se mostra preocupado.

O Inep garantiu a segurança de todos os dados e ainda alertou o seguinte: em caso de fraudes, elas serão notadas com bem mais propriedade e velocidade, o que desclassificará o candidato no ato.

No entanto, em relação aos recursos para a aplicação das provas na rede pública, o MEC disse que não desembolsaria dinheiro para novos computadores.

A decisão veio pela estipulação do seguinte:

  • Em 2020, o ENEM terá duas aplicações anuais além da digital;
  • A aplicação digital será restrita a 15 capitais brasileiras: Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e São Paulo (SP);
  • Apenas 1% dos participantes (50 mil candidatos) terão acesso à versão digital;
  • Havendo quaisquer problemas durante à aplicação ou resultado do processo seletivo digital, haverá uma re-chamada;
  • O valor da inscrição permanece o mesmo;
  • Tanto as provas objetivas quanto a prova de redação também serão feitas em formato digital no piloto;
  • Espera-se que de 2020 a 2025 as provas possam ser opcionais, mas, a partir de 2026, o processo será 100% online.

Quando começam as inscrições para o ENEM 2020?

Segundo o Calendário, ficou explícito o seguinte:

  • 31 de Março: distribuição dos editais dos exames nas modalidades impresso e digital.
  • 06 ao dia 17 de Abril: período de entrega das justificativas de ausência no ENEM 2019 e solicitação de isenção de taxas de inscrição.
  • 24 a 26 de Abril: divulgação dos resultados das solicitações.
  • 27 de Abril a 1º de Maio: período de recursos relacionados às solicitações.
  • 07 de Maio: entrega dos resultados dos recursos.
  • 11 a 22 de Maio: começam as inscrições para o processo seletivo (impresso e digital), atendimento especializado para o ENEM impresso, período para o pagamento da taxa de inscrição e o período de alteração para os dados cadastrais.
  • 25 de Maio: começa a solicitação para ser referido pelo Nome Social.
  • 28 de Maio: termina o período para pagamento da taxa de inscrição.
  • 29 de Maio: divulga-se o resultado da solicitação de atendimento especializado no ENEM impresso.
  • 01 a 05 de Junho: período de recursos para a solicitação do atendimento especializado no ENEM impresso e divulgação do resultado da solicitação de tratamento por Nome Social.
  • 08 de Junho: começa o período de recursos para o Nome Social.
  • 10 de Junho: resultado dos recursos para o atendimento especializado no ENEM impresso.
  • 12 de Junho: termina o período de recurso para o Nome Social.
  • 18 de Junho: resultado do recurso para o Nome Social.
  • 11 e 18 de Outubro: aplicação do ENEM Digital.
  • 21 de Outubro: publicação do gabarito do ENEM Digital.
  • 01 e 08 de Novembro: aplicação do ENEM Impresso.
  • 11 de Novembro: publicação do gabarito do ENEM Impresso.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *